quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Como vos contar que estou de baixa...

Estou de baixa, pela primeira vez na minha vida.
Os meandros por onde passei para chegar a este "estado" davam para escrever um livro.
Coisas estranhas acontecem-me, para variar.
Resumindo a coisa, faz hoje uma semana que comecei a sentir uma dor, um desconforto ali por baixo, ao andar. No dia seguinte já tinha uma dor e um inchaço considerável. Como sempre fui trabalhar, mas à hora do almoço vim para casa, pois não me sentia bem. Cheguei aos 39.5ºC de febre. Eu sabia que a glândula me estava a lixar (cuidadinho com as imagens do google, que isto não tinha assim tão mau aspeto...). Vai de tomar ben-u-ron pra aliviar a febre. De manhã quando saí para o centro de saúde estava super vermelha, no corpo todo! 

"Meu Deus, será que apanhei um escaldão ontem e não me lembro?"

Expliquei ao doutor o que tinha, falei-lhe do Bartholin, ele não quis nem ver. Disse-lhe que não sabia se era da febre, mas estava com a pele toda vermelha. Nada.
Vai daí, antibiótico (daqueles que dão para tudo...) e anti-inflamatório.
Passo o dia em casa, não melhoro.
Acordo no dia seguinte ainda mais vermelha, cheia de comichão, uma dor na pele horrível, já nem a glândula me doía.
Urgências dos Lusíadas, olá.

Chamam-me à triagem. Começo a falar da glândula, do antibiótico, da hormonoterapia do cancro, mas que o que me tráz lá é estar vermelha como um pimento, com comichão, cara e boca inchadas...

"Da próxima vez que tiver esses sintomas diz logo na receção, não espera."

Já não saí da triagem, entrei direta para a sala de enfermagem, cateter e cenas prá veia. Tudo de minha volta. adoro. Nenhum médico da urgência me viu, fui encaminhada para dermatologia.
Saí de lá com cortisona (a juntar ao que já vinha do dia anterior...)

Passei o fim de semana em agonia.
Nem era a m*rda da glândula, mas a terrível comichão. Nunca pensei, mas chorei de comichão.
No domingo mandei mail à dermatologista (a fofinha deixou-me o mail pelo sim pelo não) pois não estava a melhorar e ela mandou duplicar a dose de cortisona.
Segunda feira estou melhor da pele.
Raios! A m*rda da glândula está cada vez maior e dói mais. Vou de novo ao centro de saúde. Uma médica muito diferente do outro, olhou, pôs a mão e "acho mesmo que tem que fazer uma pequena cirurgia para tratar isso. Vou fazer uma carta para ir ao hospital."

Ainda fui a casa acabar um trabalho, ainda fui ver a mais bela bebé nascida nestes dias, e pegar nela e às 21.30h lá fui à urgência. 


Primeira vez no Hospital São Francisco Xavier e já sou fã. Rápido e eficaz. Depois de me apertarem por todos os lados "ai toma lá uma injeção no rabo para as dores com que te deixei, vai ali tirar sangue para análises e amanhã aparece às 10h para irmos ao bloco."

Resumo:
Já fui ao bloco. Já não tenho dores. Já não estou vermelha. Estou de baixa. Um mês sem ginásio e um mês sem... ups... isso.


Estou a aproveitar a baixa para descansar.
Tem-me sabido bem. Até hoje ainda não estava com vontade de fazer nada, mas hoje já me senti melhor e fui para a cozinha... não sei para que continuo a tentar...

Amanhã conto-vos como foi o festival culinário.

12 comentários:

Gaja Maria disse...

Xiii! Rápidas melhoras. Beijinho

Teresa disse...

Uma pessoa não pode mesmo dizer que está bem...irra!!!
As melhoras rápidas!!!

Audrey Deal disse...

Oh minha querida, deve ser super aflitivo. Desejo-te as melhoras rápidas!

Jo disse...

Bolas! Mas ainda bem que já estás melhor :) Rápidas melhoras e aproveita o descanso!!

Dona de Casa disse...

As melhores fofinha!! A culinária tb é terapêutica, aproveita para descansar!!

Tim disse...

descansa bem :)

Coquinhas disse...

Oh rapariga irra... As melhoras ;)

Aprender a viver. disse...

As melhoras minha querida 😘

Aprender a viver. disse...

As melhoras minha querida 😘

Ana Jähne disse...

melhoras, L. e um mês passa rapidinho... ;)

VerdezOlhos disse...

Isso é que foi!!! Espero que a recuperação seja boa e rápida :) aproveita a baixa para resolveres o que precisas. Beijinhos e melhoras!!!!

agri disse...

Que stress!!!
E já estás melhor?