terça-feira, 20 de setembro de 2016

Regresso dos fantasmas

E quando eu já não me lembrava dele e tinha o meu pensamento projectado no futuro, nas próximas férias com Mr. Pannacotta,  nos meus progressos no ginásio,  nos novos desafios profissionais, nos bebés que chegaram, and so on, and so on, eis que a vida me volta a pregar uma rasteira, para me relembrar que houve um pequeno verme e que esse capítulo ainda não está encerrado.


Faz hoje uma semana que recebi o resultado dos meus testes genéticos.  Tinha metido na cabeça que iam dar negativo,  só porque todas as pessoas com quem contactei durante os últimos dois anos tiveram esse resultado.
Mas não.  
O meu mar de rosas cancerígeno não podia continuar e a análise deu positiva.

Mutaçāo genetica do BRCA1.

Podia ser do BRCA2, mas não,  tinha que ser o mais grave.

Tenho 30 anos e tenho ouvido os médicos falar em cirurgia profilatica. Parece uma coisa boa, no fundo até pode ser, mas não,  não é.  Ter 30 anos e ter que pensar em retirar mamas e ovários,  com TUDO o que isso implica é uma coisa bem difícil.  Difícil de imaginar, até.
Claro que o meu cérebro inventor já imaginou uma dúzia de cenários possíveis.  Sinceramente não sei se algum deles será mesmo possível,  mas não custa apenas imaginar.


Para quem  não sabe mesmo o que isto quer dizer,  é deitar um olhinho aqui.

22 comentários:

Sónia RM disse...

Um beijinho daqueles carregados de muita força :*

м♥ disse...

A vida é tão injusta. Espero que corra tudo pelo melhor, qualquer que seja a solução. Vai dar tudo certo!

agri disse...

Beijo doce e um xi <3 ...

Agridoce disse...

Que p*ta de vida!... Já andava a estranhar o teu silêncio por aqui e pelo insta...

Não tenho palavras sábias para te dizer, nem te adiantam as palmadinhas nas costas. Vais ter uma decisão muito difícil a tomar mas tenho a certeza que, depois de tudo o que já passaste, vais encontrar em ti as forças e as certezas de que precisas.

Um grande beijinho e um abraço gigante!

Pitada Limão disse...

Muita força!

Jo disse...

Força e um beijinho grande!

Joana disse...

Lamento muito teres de carregar um peso tão pesado. Fico aqui deste lado a torcer por ti. Beijinhos

Eva Luna disse...

Oh caraças, mas eu sou otimista e acredito que ele há-de ficar quietinho e saber o seu lugar (que é não ter lugar).

Evy Percebes disse...

Força querida vai correr tudo bem! Beijinhos grandes e um abracinho

Ana Jähne disse...

que aperto no coração, L. torço sempre tanto por você, que sinto a rasteira junto contigo. vou continuar torcendo. vai dar tudo certo. força, xará.

Ana Jähne disse...

que aperto no coração, L. torço sempre tanto por você, que sinto a rasteira junto contigo. vou continuar torcendo. vai dar tudo certo. força, xará.

VerdezOlhos disse...

Não é preciso sequer escrever-te que lamento que tenha sido esse o resultado... :(
Mas a verdade é que todas nós sabemos que tu és daquelas "de casca rija", que não será o raio do verme que irá conseguir deitar-te abaixo e que estaremos por cá, para acompanhar mais uma batalha e mais umas quantas vitórias! =)
Beijinhos

Lady Cat disse...

Um beijinho grande querida L.*

Sei bem o que sentes... bem demais infelizmente. É uma decisão difícil... Mas eu ainda acredito que temos reservado para nós aquilo que somos capazes de suportar (mesmo que hajam dias em que parece que não...) Vai ficar tudo bem*

MC disse...

Lamento tanto esse resultado :( Torço para que corra tudo pelo melhor. Beijinho grande

Gaja Maria disse...

Óóó. Quando menos esperamos a vida trama-nos, mas vais superar isso tal como aconteceu antes. Força e um beijinho :)

Teresa disse...

Oh como lamento tal resultado!
Por aqui a sina da família também é esse verme!
Sinto que tenho o destino traçado, só não sei onde (nem quando) é que esse verme me vai atacar. Daí tentar viver um dia de cada vez e aproveitar ao máximo todos os momentos!
Muita força e coragem para tomar uma decisão tão difícil!

Maria disse...

ohhh L :(
fiquei profundamente triste a ler-te :(

não consigo sequer imaginar o que deverás estar a sentir, todas as palavras que me surgem parecem ser poucas e vazias :(


um beijinho gigante <3 <3

Isa P. disse...

Não consigo pensar em nenhuma palavra para te dar conforto. Se estivesse perto dava-te um abraço bem apertado. Força. Beijinhos.

agatxigibaba disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
agatxigibaba disse...

Interrompo sempre o meu jejum de meses sem comentar blogs no teu blog. E se isso não faz de ti especial, então não sei :) és a maior, sabes disso, é uma merda quando o acaso nos faz este tipo de rasteiras (não que saiba o que é o teu caso concreto por experiência própria - não sei nem posso imaginar), mas também sei que tens pessoas à tua volta que te adoram, que tens uma força incrível e que por muito confusa e mal que te sintas, vai correr tudo bem, vais tomar a melhor decisão e vais ser feliz com ela. Não tenho qualquer dúvida. (Qualquer coisa que precises, espero que saibas que podes mesmo contar). Beijinhos

Dona de Casa disse...

Crap...nem há palavras, quer dizer, já passaste por tanto...neste monento, se pudesse abraçava-te, não há mm palavras....

Coquinhas disse...

Quando me voltar a queixar de um dia nao vou lembrar-me da tua força pa.
Beijinho enorme. Sim, hoje ao ler este post conseguiste piorar o meu dia porque fico verdadeiramente triste com esta situaçao. Mas depois tenho a certeza que seja o que for tu vais dar uma coça nisso e de baton vermelho e linda que mete nervos <3